A pregação pode ser descrita como: o seu conteúdo e a forma como ele é transmitido.

Várias pessoas valorizam muito a “forma”, e por isso essa tem realmente um papel importante na eficácia da mensagem pregada. Mas, na essência a mensagem é o seu conteúdo.

Quando falo em conteúdo, primeiramente esse se refere ao conhecimento Bíblico; ou seja, do próprio texto da Bíblia. Seguindo-se então a correta interpretação destes, e ainda o entendimento de alguns temas, como por exemplo: a Salvação, a Doutrina das Últimas Coisas(Escatologia), etc. levando-se em conta toda a Bíblia, e não apenas partes da mesma.

Mas, muitos outros conhecimentos podem enriquecer o conteúdo de uma  pregação, como por exemplo,  o conhecimento obtido na obra e testemunhos relacionados a este. Quero porém destacar aqui o conhecimento que podemos obter através da leitura de uma boa e variada literatura cristã evangélica, que graças a Deus é abundante em nosso país e língua, o que não ocorre em muitos outros  lugares.  Literatura como:

Parte da história da vida (Biografia) de muitos servos de Deus, comentários bíblicos, alguns livros no estilo alegoria ou ficção, Teologia Sistemática, História da Igreja e atualidades relacionadas a religião e fé(obtidas em revistas, ‘internet’, jornais,…).

Ainda, sobre outros temas variados: relacionamentos (casamento, criação de filhos), missões, louvor e adoração, etc.

A falta de conteúdo pode também influenciar na forma de como a mensagem é transmitida! Por poder aumentar o nervosismo que muitos sentem.

Embora, goste da ideia de sempre que possível simplificar o que se quer dizer, ou seja, pregar; isso não significa deixarmos de buscar ter uma boa base de conhecimento para elaborarmos nossas mensagens.

Por tudo isso que acabo de dizer, e buscando incentivar a leitura de tais literaturas, e a consequente aquisição de conteúdo; foi publicado nesse site, da nossa igreja, um artigo recente com o título:“Sugestão e comentários de alguns livros para leitura” e será dentro em breve publicado uma continuação deste artigo,  “Sugestão e … – II”.

Pr.Reges Alves e Silva

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *