bons livros evangélicos para leitura

Em continuidade ao artigo anterior que sugeria alguns bons livros evangélicos para leitura, citamos :

Este mundo tenebroso: Um livro excelente que em forma de ficção apresenta situações que podem ocorrer no nosso cotidiano, bem como outras que embora não conheçamos bem, devem também ocorrer.
Tal leitura pode nos dar melhor a compreensão do mundo espiritual que nos cerca, e que a Bíblia tantas vezes faz menção!
Apesar de ser um livro grande, 424 páginas, penso que vale a pena lê-lo, tanto que já o li mais de 2 vezes. Quero aproveitar e indicar também o volume 2 deste livro. Muito bom também! (Editora Vida) – Autor: Frank Peretti.

George Müller: Existem tantos homens e mulheres de Deus que foram notáveis na sua vida; verdadeiros heróis da fé. Pessoas que vale a pena conhecer um pouco mais de sua Biografia. Dentre esses gostaria de destacar aqui George Mullher, também conhecido como o Apóstolo da fé. Nesse livro “sobre sua biografia” busca-se a explicação para:

“Qual o segredo de suas vitórias? Como pôde um homem tão humilde tornar-se um crente tão consagrado e obreiro tão bem-sucedido? Como conseguiu de Deus o sustento para vários orfanatos, sem jamais comentar com terceiros as necessidades da obra?”
Um livro pequeno e envolvente!. Editora Betânia.  72 Páginas.

Se lembrar de Deus e de suas ações.

“Mensagem proferida na Assembleia de Deus Vila Sul em 26 de Julho de 2007.”

Texto Introdutório: Apoc. 2.4 Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor.

Introdução: A Igreja de Éfeso havia deixado o seu primeiro amor por se esquecer de Deus e das suas obras. Já o Salmista tinha uma preocupação especial em não se esquecer de Deus e de tudo aquilo que Ele, já fez. (Salmo 103.2) “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te [esqueças] de nenhum dos seus benefícios.”

1. Um dos grandes problemas pelo qual passamos é o fato de frequentemente nos esquecermos de Deus.
1.1 É o oposto de Salmo 42.2 “2 A minha alma tem [sede] de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e verei a face de Deus?”
1.1.1 E você como está? Fervoroso (se lembrando de Deus) ou “frio” (Se esquecendo de Deus)?.

2. Vemos na Bíblia, em outras passagens, a importância de nos lembrarmos do Senhor.
2.1 Salmo 25.1 “A ti, Senhor, [elevo] a minha alma.”

Deus nos chamou para ser diferentes

Deus nos chamou para ser diferentes (Rm 12.2 – II Cor. 5.17-18).

Mas assim como em I Samuel 8 (4-5;6-9;18-22) o povo de Israel pedia para ter um Rei como o das outras nações, e ser como elas, assim, ainda hoje somos tentados a querer levar a mesma vida que todos vivem.
É por causa disso que muitos crentes ou pessoas que frequentam a Igreja:
1. Mantém vícios (bebem,fumam,…) se prostituem!
2. Outros não querem muito compromissos com a obra de Deus, pois assim agem as outras nações.
3. Colocamos a nossa fé e esperança nas mesmas coisas que os de fora: dinheiro, Força, Influência,…
4. Não querendo estar em uma situação onde dependamos total e exclusivamente de Deus.
É interessante ver que quando Pedro andou sobre as Águas (Mt14.25-32)

* Ele estava sendo “diferente dos outros” e dependendo para tanto única e exclusivamente de Deus. E que embora ele foi o que mais Fé teve naquele momento… Ainda assim a Bíblia disse que ele teve medo e começou a afundar.

* É ! Não é fácil estar na dependência de Deus. Tem que ter fé!!!